domingo, 6 de março de 2016

38 + 4 - CTG

Fui na sexta feira ao primeiro CTG, e digo que aquele hospital é uma vergonha... Chego lá as 11h sou atendida as 13h15, ok que nos hospitais é normal se esperar muito...
Entro para o CTG e esquecem se de mim, sim tive 3h no ctg sem nesse tempo ninguém ter entrado no quarto onde tava. Pelos vistos a enfermeira foi almoçar, de seguida para uma formação e nunca mais se lembrou de mim. O que me valeu foi o meu namorado que na sala de espera começou a achar estranho e foi perguntar por mim.
Não ficando por aqui durante o CTG deu me uma dor de dentes tao forte que eu até chorava de dores não aguentava mesmo, nunca tinha tido uma assim...
Para terminar chegou a enfermeira, e em vez de pedir desculpa por se ter esquecido de mim começou a chamar me "nomes": - Ah coitadinha tao novinha e ja vai ficar feia e gorda. Os bebes tiram a beleza das mães e esse corpo nunca mais vais conseguir recuperar vais ficar gorda para sempre e com marcas do parto e etc.. 
Mas que senhora simpática sem dúvida. Pessoas destas não deviam ir para enfermeiras muito menos para a parte da maternidade, a última coisa que uma gravida no final de gravidez que normalmente já se sentem gordas o suficiente precisa de ouvir é isto muito menos vindo de uma suposta "profissional".

sábado, 30 de janeiro de 2016

A morte de um familiar...

A morte de um familiar é sempre algo que nos deixa muito embaixo... Minha avó morreu ah uns dias e anda tudo uma loucura desde então. Acho que neste momento só sinto raiva, raiva da minha familia que me proibiu de ir ao hospital vê la antes de ela morrer. Motivo? Estar grávida...
Supostamente porque estou grávida não posso ir vê la ao hospital para não me enervar, eles acham mesmo que ficar em casa a saber que ela tá a morrer e não me poder ir despedir me vai fazer sentir melhor e mais calma??
Ainda me perguntam porque sou tao despegada da familia... A minha familia não e normal e eu estar grávida não e motivo para nada!
O funeral foi um caos, não sei que se passou comigo, só sei que via todos a chorarem e eu fui a única que nunca o fiz. Eu só conseguia pensar na raiva que tinha de todos me terem proibido de ir ao hospital despedir dela. Eu era a que estava mais próxima do hospital poderia muito bem ter passado muito mais tempo com ela, me despedido, mas não... Sinto raiva deles todos!
Gravidez não e doença e isto ainda me perturbou mais que ter vivido as coisas normalmente. Nunca me vou esquecer do que eles fizeram!

domingo, 10 de janeiro de 2016

Odeio a minha sogra!!!!

Juro que a dias que só me aprece esgana la?
Hoje vieram almoçar ca a casa e para variar conseguiram m deixar mal disposta. E sempre a mesma coisa, aquelas boquinhas direcionadas a atingir me de preferência quando o filhinho querido não estiver ou ouvir, ou melhor, quando se ausentar por breves instantes!
A questão é responder ou não? O que é melhor?  De um lado esta uma sogra do pior e do outro lado esta o marido, que apesar de tudo e mãe dele e compreende se.
A coisa entre nos ferve e muito e desde que engravidei então ui.
Só espero tara enganada mas ainda vou ter muitos problemas com ela, quando o bebe nascer estamos a pensar em ir para longe (onde estávamos antes de engravidar) e ai vão começar os problemas.
Hoje disse me diretamente, ' vais tu sozinha, fica ca ele e o menino' deixar meu filho pa ela cuidar ahah só pode ser uma piada. Ou então a frase 'ele trabalha tu ficas em casa com o  menino, assim não precisa do infantário'' acho que isto foi das melhores frases que ouvi hoje, la por ela ter vivido a vida toda as custas do marido e nunca ter trabalhado quer que eu seja igual por amor de deus. Tamos no seculo 21 as mulheres já trabalham, não andei tanto tempo a lutar pelo meu trabalho para agora simplesmente desistir porque a senhora acha que e melhor ficar em casa com ele.
O melhor ainda teve o desplante de me perguntar 'tas zangada comigo?' em alto e bom som para o filhinho ouvir e fazer se de coitadinha.
Recusou se a comer a minha sopa porque supostamente não pode comer legumes nenhuns mas comeu uma tablete de chocolate inteira, isso já não lhe faz mal aposto. Secalhar porque não fui eu que cozinhei.
Depois de almoço o sogro disse para irmos beber café fora, rapidamente ela diz pó filhinho 'ah ela não precisa ir pode ficar em casa a descansar'' ou seja eu que fique longe só o que interessa e o filho e o neto quando nascer.
No próximo fim de semana a dizer para irmos almoçar outra vez porque faz anos, conclusão: Na minha casa já não entra tao depressa e com ela não vou a lado nenhum... Ela que não me apareça  frente, que só  hoje esgotou a minha paciência pelo menos de 4 meses.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

32 semanas

Sinto me tao embaixo. Fui ontem ao hospital, a consulta e a estúpida da enfermeira só sabia dizer o quanto gorda eu estava, que não me sabia alimentar e que tinha de parar de comer!!
Parar de comer?? Mas o que sabe ela sobre os meus hábitos de alimentação??
Isto é mesmo para desmoralizar uma pessoa. Ate agora já aumentei 14kg, sim eu sei que é algum peso e ainda falta cerca de 1 mês ou mais mas porra ah maneiras de dizer as coisas e começarem dizer logo que uma pessoa esta gordissima assim que entra no consultório e demais!!
Ah 1 mês atras disseram me ''bla  bla bla não se vê gordura nenhuma o peso e quase todo bebe que tá demasiado grande pois tem um cordão umbilical muito grande e os níveis de liquido amniótico também é muito''
Agora passado 1 mês já estou uma aberração de gorda. Já não basta uma pessoa sentir se gorda, com esterias, tenho umas no interior da coxa, ainda tem de levar com os comentários de todos, e comentários nada simpáticos bolas!
Não vejo a hora de chegar ao fim da gravidez e ter o meu bebe ca fora...

sábado, 2 de janeiro de 2016

2016 - Desabafo

2016 vai ser um ano especial, vai ser um ano em que tudo vai mudar por aqui com o nascimento do pequeno.
Sinceramente não vejo a hora de ele sair, pode ser egoísmo e sei que provavelmente ainda vou sentir saudades mas sinto me farta de estar grávida! Não por mim mas por tudo o que a gravidez envolve.
Sinto falta de trabalhar, quero voltar ao meu trabalho, estou a dar em maluca aqui em casa! Depois também estou farta dos palpites de toda agente, juro não aguento mais!.
'Ah tas tao gorda' - yah estou grávida e tu tas gorda porque????
'Quantos kilos engordaste já?' '10kg? Isso é tanto... eu engordei 20kg' - então cala te, pensa antes de falares!
'Nunca vais conseguir recuperar' - uau que animo és uma ótima amiga! Sinto me muito melhor.
'Vês eu fiquei cheia de esterias, vais ficar igual' - Mas qual e a das pessoas querem que as outras passem pelo mesmo mal que elas? Para não se sentirem sozinhas? Tenham juízo. Isso vai de pessoa para pessoa.
'Vais ter parto normal? E horrível não vais aguentar' - Não vou aguentar? Não digo que não deia dores horrível mas pera la se a maior parte aguenta eu não aguentou porque? Não sou menos que ninguém e se tiver de ser será!
E a parte do: tu não percebes nada de bebés eu e que sei porque já sou mãe. Então preocupa te com os teus filhos ou então faz outro para te entreteres...

Juro que é este tipo de frases que me da raiva! E depois e as mãos na minha barriga e pedirem? Ei a barriga e minha yah??
Tou a entrar numa fase que só me apetece bater  em alguém com a frase do ''tas tao gorda '' acho que essa e mesmo a pior.
''Quem diz o que quer, ouve o que não gosta!''

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Cantinho do L.

Esta é uma ''continuação'' do meu antigo blog mas com um tema diferente: o resto da minha gravidez e tudo o que envolva o bebe.
Estou gravida de 31 semanas e vai ser um menino: o L. E o nosso primeiro bebe e tanto eu como o papa estamos muito entusiasmados. Sempre dissemos que gostávamos de ter um menino e parece que conseguimos, sobretudo neste ano que todos os casais que conheço só tiveram meninas...
Neste momento já temos tudo prontinho, roupas lavadas, berço montado, carrinho, tudo mesmo, isto porque segundo os médicos ele já esta grandinho e virado e pode nascer a qualquer momento.
Esperamos que aguente mais um tempinho, a ultima coisa que se quer é que ele fique no hospital.